Sobre a Revista

International Journal of Digital Law
I. J. Digital Law
IJDL
 
Objetivo
O International Journal of Digital Law consiste em periódico científico eletrônico de acesso aberto e periodicidade quadrimestral promovido pelo NUPED – Núcleo de Pesquisas em Políticas Públicas e Desenvolvimento Humano do Programa de Pós-Graduação em Direito da Pontifícia Universidade Católica do Paraná em parceria com a Editora Fórum.

O Conselho Editorial é composto por renomados professores vinculados a instituições de ensino superior do Brasil, Argentina, Austrália, Colômbia, Espanha, Egito, França, Holanda e Índia. A linha editorial segue o eixo das atividades de pesquisa do NUPED, um grupo inscrito no diretório do CNPq e filiado à REDAS – Rede de Pesquisa em Direito Administrativo Social. Seu enfoque é o estudo crítico das instituições jurídico-políticas típicas do Estado de Direito, notadamente, as voltadas à inovação e ao desenvolvimento humano por intermédio da revolução digital.

Linha editorial
A linha editorial segue a área à qual pertence o NUPED - PPGD/PUCPR intitulada “Direito Econômico e Desenvolvimento”. Por sua vez, a área congrega duas importantes linhas de pesquisa: 1. Estado, Economia e Desenvolvimento e 2. Direitos Sociais, Globalização e Desenvolvimento. A revista irá dar destaque a este marco teórico. Entretanto, transversalmente ao tema da economia, do desenvolvimento, da globalização e dos direitos sociais, as palavras-chave que melhor definem o escopo da revista implicam a tratativa de temas como: acesso à informação, Big data, Blockchain, Cidades inteligentes, Contratos inteligentes, Crowdsourcing, Cybercrimes, Democracia digital, Direito à privacidade, Direitos fundamentais, E-business, Economia digital, Educação Digital, Eficiência administrativa, E-Government, Ética, Fake News, Gig economy, Inclusão digital, Infraestrutura, Inovação, Inteligência artificial, Interesse público, Internet, Internet das coisas, Jurimetria, Lawfare,  Novas tecnologias, Perfilamento digital, Pesquisa em Multimeios, Processo administrativo eletrônico, Proteção de Dados, Regulação administrativa, Regulação econômica, Risco, Serviços públicos, Sistemas de Informação, Sociedade da Informação, Transparência governamental, e Telecomunicações.

Preservação
A preservação de todo o conteúdo do domínio eletrônico da IJDL é realizada por meio de sistema de backup terceirizado à uma empresa especializada que segue a seguinte metodologia: permanência do conteúdo no diretório1 (acesso on line 24h) e salvamento em redundância no diretório 2 (backup do backup). Além da metodologia adotada pela prestadora de serviço de preservação, todos os números de fascículo ficam depositados na íntegra em: Zenodo, Open Science, Academia.edu, Wisdom, Mendeley e Zotero.

Plagiarismo
Como parte da política da revista a originalidade de cada artigo é conferida no google por meio de buscas randomizas com pelo menus uma parte de texto por pagina. Após a análise inicial do google são verificadas citações, referências e texto (ortografia e originalidade) com os sistemas: Scite, Cotation Machine e Grammarly.

Double-blind peer review
A publicação dos artigos submete-se ao procedimento double blind peer review. Os trabalhos são remetidos sem identificação de autoria a dois pareceristas “ad hoc” exógenos à PUCPR. Os pareceristas são, portanto, sempre pesquisadores vinculados a renomadas instituições de ensino superior nacionais e estrangeiras.
 
Prof. Dr. Emerson Gabardo
Prof. Dr. Alexandre Godoy Dotta
Prof. Dr. Juan Gustavo Corvalán
 
Cobertura temática (classificação do CNPq)
Grade área: Ciências Sociais Aplicadas 6.00.00.00-7/ Área: Direito 6.01.00.00-1/ Subárea: Direitos Especiais 6.01.04.00-7
Grade área: Ciências Sociais Aplicadas (6.00.00.00-7/ Área: Ciência da Informação 6.07.00.00-9/ Subárea: Teoria da Informação 6.07.01.00-5
Grade área: Ciências Exatas e da Terra 1.00.00.00-3/ Área: Ciência da Computação 1.03.00.00-7/ Subárea: Sistemas de Computação 1.03.04.00-2